Brasil tem participação de destaque no Gartner Symposium/ITXPO 2015

O Gartner Symposium/ITXPO, considerado o maior e o mais importante encontro anual de chief information officers (CIOs) e de líderes da indústria de TI no mercado norte-americano. Durante cinco dias, reuniu mais de 8.500 CIOs e executivos de TI com poder decisório em suas organizações.

Em mais uma ação do projeto de promoção de exportações do setor de software e serviços de TI, desenvolvido em parceria pela Softex com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), 20 empresas nacionais compareceram ao encontro, sete delas como prospectoras. Além de um estande coletivo, a participação brasileira incluiu a realização de três apresentações como parte da grade de sessões do simpósio.

Em sua apresentação no Gartner Symposium/ITXPO 2015, Ted Friedman, VP Distinguished Analyst do Gartner, destacou que em 2017, 25% das soluções em Internet das Coisas serão abandonadas antes de implementadas em razão da falta de capacidade de informação adequada.

Para aumentar essa taxa de sucesso, a Ícimage2aro Technologies, integrante da delegação brasileira, está empenhada em desenvolver as cinco competências requeridas pela Internet das Coisas e elencadas pelo Gartner – gerenciamento de dispositivos, gerenciamento da informação, analytics, integração e segurança – com o objetivo de incorporar, já em 2016, a Internet das Coisas ao portfolio da empresa baseada nas capacidades já existentes em big data, analytics e integração de sistemas. “Com um impacto econômico estimado em mais de US$1 trilhão ao ano, a Internet das Coisas promete revolucionar a indústria de TI como a conhecemos hoje”, avalia Kleber Stroeh, CTO da Icaro Technologies.

Outro tópico amplamente debatido durante a conferência foram os maiores desafios dos CIOs em relação à mobilidade. Para o analista Nick Jones, do Gartner, entre elas estão formas de viabilizar parcerias estratégicas e inovadoras, criar um ambiente de trabalho que estimule o futuro digital e explorar a TI bimodal para ganhar agilidade e eficiência.

Na visão de Roberto Azevedo, CEO da Prime Systems, também integrante da delegação brasileira e relacionada no relatório Cool Vendors 2015 do Gartner, os CIOs precisam de parceiros e fornecedores que tenham a inteligência em mobilidade em seu core business. “Assim terão mais chances de atender a velocidade que o cenário digital está imprimindo ao mercado. O uso de plataformas como a RMAD (Rapid Mobile Application Development) aceleram o processo de implementação da mobilidade nos negócios das empresas”, destaca.

Participando do Gartner Symposium/ITXPO 2015 pela primeira vez e como prospectora, a Fiberwork retorna ao país com 11 contatos de negócios extremamente qualificados. “Já temos um escritório nos Estados Unidos, na região do Vale do Silício, mas queremos ampliar a nossa presença no mercado norte-americano por meio de parceiros e canais de distribuição locais. Resolvemos adotar uma postura proativa e agressiva mapeando previamente nossos alvos e acionando cada um deles pouco antes do horário de abertura do evento. A estratégia deu certo e agora daremos continuidade ao contato inicial”, comemora Kunio Oyama, gerente de desenvolvimento de negócios da Fiberwork.

“O portfolio apresentado pelo Brasil estava totalmente aderente às tendências apontadas pelos especialistas do Gartner, como IoT, go digital, TI bimodal e big data analytics. Mesmo este não sendo um evento de geração de negócios, mas de relacionamento, houve uma expressiva geração de leads e é possível afirmar com segurança que as nossas empresas realmente estão no radar dos CIOs internacionais”, conclui Guilherme Amorim, gestor do Projeto Setorial Softex.

 

MLP Assessoria de Imprensa – Tel.: (11) 3064-8066

Mário Pereira (MTB. 11.549) – mario@mlpcom.com.br

Karen Kornilovicz (MTB. 25.744) – karen@mlpcom.com.br