MPS.BR

O MPS.BR é um programa mobilizador que foi criado em 2003 pela Softex para melhorar a capacidade de desenvolvimento de software nas empresas brasileiras. A iniciativa foi responsável pelo desenvolvimento do Modelo de Referência para Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS-SW), que levou em consideração normas e modelos internacionalmente reconhecidos, boas práticas da engenharia de software e as necessidades de negócio da indústria de software nacional.

Com o MPS-SW foi possível estabelecer um caminho economicamente viável para que organizações, incluindo as pequenas e médias empresas, alcancem os benefícios da melhoria de processos e da utilização de boas práticas da engenharia de software em um intervalo de tempo razoável. Ele trouxe para  a indústria nacional ganhos comprovados de competitividade, por isso é considerado um marco que representa a evolução da qualidade do software desenvolvido no país.

A iniciativa conta com o financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

MPS.BR em números
Avaliações realizadas: 689 Software, 24 Serviços e 2 Gestão de pessoas = TOTAL 715
Instituições Implementadoras (II): 19
Instituições Organizadoras de Grupos de Empresas (IOGES): São 17 instituições e 72 projetos.
Instituições Avaliadoras: 13
Cursos realizados: 277
Provas realizadas: 60
Participantes de cursos oficiais MPS presenciais: 5974
Participantes de cursos oficiais MPS EAD: 117
Aprovados em provas oficiais MPS: 1416

Dados com base em maio de 2015